• Equipe

Prêmio São Benedito de Arte Popular seleciona artista para reconstruir a estátua do Santo Bragantino

Da porta de casa, D. Zélia e sua família veneravam, todos os dias, a radiante imagem do Mirante de São Benedito, localizada às margens do rio Caeté, em Bragança. A estátua, construída em 2009, integrava a estrutura de um dos principais pontos turísticos do município. Mas no dia 27 de maio deste ano o monumento desabou.


Estátua original de São Benedito. (Foto: Ag. Pará)

A queda, porém, não abalou a fé dos bragantinos. É o caso da pequena Sophia Pietra, de apenas 9 anos, neta de D. Zélia que, ao acordar, olhou na direção do Mirante e não viu a imagem do padroeiro. O pequeno coração devoto apertou. A avó conta que quando a Secult lançou o edital "Prêmio São Benedito de Arte Popular"- que regulamenta a escolha do protótipo da nova estátua por meio da votação popular- ela e a neta fizeram um pedido ao Santo Preto: que crianças também pudessem votar. E as preces da família foram atendidas! Neste sábado, Sophia votou pela primeira vez.


A cerimônia de abertura da votação iniciou com uma benção feita por Padre Elias, no Teatro Museu da Marujada, e contou com a presença da Secretária de Cultura, Ursula Vidal e sua equipe, do prefeito de Bragança, Raimundo Nonato, e do atual presidente da Marujada, João Batista Pinheiro. A votação conta com o apoio do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE/PA) e é feita via urna eletrônica.


Ao todo, quinze protótipos de artistas de 9 municípios do Pará foram pré-selecionados. A imagem escolhida servirá de base para a reprodução em escala monumental no mirante da cidade, obra que será realizada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop). O escultor do protótipo vencedor receberá uma premiação no valor de R$ 8mil.


"A devoção de marujos e marujas, o cuidado com a preservação da memória e da tradição e a dedicação da Irmandade de São Benedito são um exemplo do povo Bragantino para todo o Pará. A Marujada é uma das mais bonitas festas religiosas do país, amplificada pela força da música e dança. A festa representa, hoje, uma das principais manifestações de nossa cultura popular. É uma alegria pro governo do estado, por meio da Secult, promover esta integração da comunidade na escolha do novo monumento. E de uma forma tão democrática: por meio de votação em urna eletrônica", afirmou Ursula Vidal.



Procissão de São Benedito durante as Celebrações da Marujada. (Foto: Eraldo Peres/Projeto Filhos da Terra)

Cartografia Cultural

As celebrações da Marujada e as homenagens ao Santo Preto Bragantino fazem parte do Acervo Editorial do projeto Filhos da Terra, no qual documentamos as manifestações da cultura popular e o patrimônio cultural imaterial brasileiro.


A documentação gerou uma Galeria de Imagens com fotografias do documentarista Eraldo Peres, e um Caderno de Pesquisa com informações e referências textuais e imagéticas da Marujada.



Com informações da Agência Pará.

6 visualizações
selo site.png

Projeto Finalista

PRÊMIO RODRIGO

MELO FRANCO

IPHAN - 2019

  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

Realização / Execution

Apresentação / Presentation

Fotografia brasileira, diversidade cultural, eraldo peres
fotografia, photography, brasil, brazil, eraldo peres, cultura popular, etnofotografia, diversidade
fotografia, photography, brasil, brazil, eraldo peres, cultura popular, etnofotografia, diversidade
fotografia, photography, brasil, brazil, eraldo peres, cultura popular, etnofotografia, diversidade

Fale Conosco

Fone

55 61 3963-5119 / 9 9333-1691

Endereço

CLSW Quadra 103 - Bloco A - Loja 37 - Ed. Rhodes Center II - Sudoeste - Brasília/DF - CEP. 70.670-521

Política de Privacidade

As informações de cadastro coletadas no site Filhos da Terra são utilizadas apenas para contatar o usuário sobre os serviços e/ou conteúdos no qual tenha manifestado interesse.

Direitos Autorais

Todo o conteúdo do site Filhos da Terra está licenciado sob a Licença Creative Commons - Não comercial e Sem derivações 4.0 Internacional.